Publicado em

Guia do enxoval do bebê, parte II – acessórios

Seguindo a nossa série de artigos que ajudam os pais a entender os itens das listas de enxoval (veja também o primeiro artigo do guia do enxoval do bebê), vamos agora aos acessários, aqueles pequenos itens que auxiliam no dia a dia, desde que a gente saiba o que são e para que servem…
  • Aspirador nasal

Aparelho que segue o mesmo princípio do desentupidor de pia, porém aplicado às narinas do bebê. Serve para remover secreções (tatu) do nariz, assim desobstruindo as narinas e facilitando a respiração. Importante não confundir com um conta-gotas para medicamentos, principalmente após o uso.

  • Xuquinha

Espécia de mamadeira pequena, com bico de látex, usada para servir líquidos em pequenas quantidades a bebês. Antigamente usava-se muito para servir os famosos chazinhos. Hoje em dia os médicos dizem que não precisa dar nada além de leite para o bebê até os seis meses de idade. Alguns bebês aceitam com mais facilidade líquidos oferecidos na xuquinha, então pode ser um bom artifício para oferecer os líquidos que precisam ser tomados de qualquer jeito (xaropes, óleo mineral, ou outros conforme o caso).

  • Moisés

O moisés é um cesto rígido, bastante confortável, que pode ser usado para o transporte de bebês ainda pequenos ou em substituição ao berço nas primeiras semanas de vida. Alguns conjuntos de carrinho de bebê trazem o moisés como complemento. Pessoalmente nunca usei, mas acredito que possa ser uma maneira bacana de manter o bebê confortável em translados curtos (nunca de carro, claro, onde a cadeirinha/bebê conforto são obrigatórios), ou para que um bebê recém-nascido possa dormir perto dos pais nas primeiras semanas.

  • Regurgitadores

O regurgitador é o melhor amigo do guarda roupa de pais de bebês recém-nascidos. É aquele paninho que se coloca no ombro quando se pega o bebê para arrotar depois de mamar. Evita que qualquer leite regurgitado pare diretamente sobre a sua camisa novinha.

  • Babá eletrônica

Não é uma equivalente à Rosie dos Jetsons, mas sim um walkie-talkie de mão única, extremamente útil para quem mora em casas ou apartamentos maiores, onde é possível ficar fora do alcance auditivo do seu bebê chorando no berço. Até pouco tempo atrás era um item absurdamente caro no Brasil, valendo a pena importar através de amigos viajantes. Hoje em dia encontram-se bons modelos a preços mais razoáveis. Pessoalmente, enquanto morava em apartamento nunca usei, mas depois que nos mudamos para uma casa passou a ser um item imprescindível.

Espero que essa lista ajude a decifrar mais uma seção da sua lista de enxoval. De qualquer forma, fique tranquilo, você provavelmente ainda tem pelo menos uns seis meses para se adaptar ao novo vocabulário 😉

2 comentários sobre “Guia do enxoval do bebê, parte II – acessórios

  1. Os acessórios de para compor o enxoval de bebê são itens fundamentais, muito bom este post parabéns.

    1. Obrigado pelo comentário e pela visita! Fico feliz que tenha gostado do texto – não deixe de acompanhar a página do Bebê Nerd no Facebook para receber todas as novidades do blog.

Os comentários estão fechados.