Publicado em

E nasce o Bebê Nerd!

O primeiro post de um blog é sempre um problema. Ou você escreve algo sobre si mesmo que pode até servir de memória no futuro, revelando sua motivação no início de um projeto – mas que é largamente inútil para os leitores – ou você tasca-lhe logo conteúdo “de verdade”, o que deixa o blog meio com cara de chato, sem personalidade, o pessoal pensa “que cara chato, nem se apresenta e já sai metendo logo post de 3000 palavras”. Pois bem. Se tenho que escolher entre narcisista ou chato, prefiro a primeira opção. Vamos, então, às origens do Bebê Nerd…

Lá pelos idos de 2009, eu e minha esposa engravidamos. Tecnicamente, só ela engravidou, mas como não queria ficar pra trás saí logo dizendo que também estava grávido. Os meses que se seguiram foram uma sequência extremamente divertida de sensações, descobertas, medos e alegrias indescritíveis para aqueles que nunca passaram pela experiência. Estávamos sedentos por informação sobre o que nos aguardava. Encontrar a informação até que é fácil, mas para um pai como eu aqueles textos pareciam que nunca tinham sido escritos para mim, e sim para mães que me faziam sentir como um peixe fora d’água. Sentia falta de informações apresentadas por pais (homens) para pais, em linguagem adaptada para nosso vocabulário, muito mais restrito e isento de onomatopéias.

Com essas descobertas, nascia então o embrião da idéia que daria filhos antes mesmo de nascer (mas essa é outra história, para outro dia) e que se transformaria no Bebê Nerd. Criaríamos um site de conteúdo para pais que compartilhavam certos gostos comigo(leia-se, nerds) , e futuramente criaríamos produtos para oferecer para esse distinto público.

Assim, hoje nasce a primeira etapa desse projeto. Está criado o blog do Bebê Nerd, que pretende ser um ponto para troca de informações entre pais nerds, geeks ou simpatizantes, escrito de nerd para nerd. Não quero criar um “clube do bolinha”, então as mães, tias, avós e demais parentes que desavisadamente nos encontrarem também serão muito bem vindas. Enquanto isso, continua o trabalho para o lançamento da loja do Bebê Nerd – esperamos trazer uns produtinhos legais para pais nerds, aliados a uma experiência de compra que faça todo mundo se sentir em casa, entre amigos. Até porque, não há assunto mais legal do que falar dos filhos, então papo não vai faltar…